segunda-feira, novembro 21

IGNORÂNCIA

As pessoas não imaginam...

Cada vez que dão comigo frente a frente na caixa de supermercado ou me pedem ajuda nos corredores, suspeitam elas do que realmente eu sou? Do meu outro lado? Do que escrevo, do que faço, do que falo e o que sugiro? Seria menos simpática ou menos boa menina se soubessem?
Ou pelo contrário seria mais respeitada pela coragem no que enfrento, pelas palavras que solto e forma como lido com elas?
Seriam elas mais simpáticas comigo ou pelo contrário negar-se-iam a falar comigo ou serem atendidas por mim?

É certo que as pessoas muitas vezes parece que seleccionam com quem se dão e muitas vezes acredito que se realmente soubessem evitariam o contacto comigo. Ou porque devo ser má influência ou porque saber vai deturpar a imagem mais simpática que se tem de mim. E isso é mau para a reputação de quem se dá comigo.
Porque espera-se sempre o melhor das pessoas ou mesmo os defeitos mais "aceitáveis". 
É bem verdade que aquilo que não sabemos não nos pode matar mas a ignorância será mesmo uma benção? Porque talvez as pessoas como eu prefiram mil e uma vezes saírem da toca do que esconderem-se até morrer. Porque talvez eu até prefira assim. Porque mesmo que metade da população que me vê não goste, seria preferível descobrir-se tudo de uma só vez e a consciência de todos ficava tranquila. A minha porque já se sabe e a dos outros porque agora sim já podem julgar porque sabem e já podem gostar de mim (ou não) por isso mesmo.

Até que ponto será mesmo a ignorância o melhor remédio?

As pessoas nem desconfiam...
Afinal porque o deveriam fazer

Retirado de DIÁRIO DE UMA BISSEXUAL

8 comentários:

Swingers Veronika e Cláudio disse...

Minha linda, quanto tempo! E cheguei justo quando o assunto é polêmico, o que adoro!
Sim, prezo sempre pela transparência, mesmo quando o lado negro, tão negro para a maioria, é translúcido para mim. Prefiro me expor à me negar, assim como prefiro saber o "podre" das pessoas a acreditar num falso conceito ou caráter. Acredito que o maior mal é a ignorância, porque quando somos cientes das coisas podemos escolher como lidar com elas e, consequentemente, arcar com essas decisões. Talvez por isso a maioria prefira o não saber ao conhecer, para evitar ter que sair de uma zona de conforto e tomar uma atitude.
Claro que não saímos por aí nos expondo para quem quer que seja, mas meus amigos mais chegados e mesmo parte de minha família sabe exatamente o que penso e sou. E estou tranquila e em paz com isso!
Beijos, linda!!!

Íntimas Intenções by Anita disse...

Infelizmente as pessoas preferem viver de aparências a encarar a realidade, preferem ver o que "julgam" ser certinho e bonitinho ao olhar profundamente. Viver na ignorância as vezes é o que preferem alguns.
Quando nos expomos corremos o risco ou da aceitação ou da rejeição, evidente, mas nesse mundo de olhar tão embaçado achas que conseguiriam ver o que é realmente? não as suas escolhas, mas a pessoa verdadeira, cheia de emoção, corajosa? ou simplesmente julgariam segundo suas regras de moral e hipocrisia? Olhariam para dentro, para o seu interior ou se reduziriam ao que a vista alcança?

Levando seu banner..vamos fazer parceira?

Beijos,
Anita.

Anônimo disse...

Espera aí a minha alma está parva, deves estar a gozar com o pessoal...Porra só se fores caixa do Bank of America ao pé de Times Square (NY)e seguramente vais almoçar todos os dias ao RED LOBSTER ou então este país está maluco.Escreves bem apesar de não concordar com tudo o que dizes e ainda bem, mas DASSSS caixa de super (não tenho nada contra as caixas que me desculpem....) no minimo não é normal!!!!!!


ColumbiaU-NY

Miss B disse...

Anónimo, não sei o que muda o facto de ser também caixa de super...

O Santo Diabinho disse...

Não interessa o que transpiramos por fora, o que revelamos no espelho ou no exterior. Não interessa o que fazes na vida, o modo como andas no mundo ou como te relacionas com quem passa por ti.

A única coisa que interessa é o que tens por dentro, as tuas convicções e maneira de ser. Não tens de agradar a ninguém, só tens de ser tu própria e viver segundo os teus ideais. Ninguém tem a moral de te criticar sobre qualquer ponto de vista.

És dona do teu destino...
Beijo

Lolita disse...

E porque é que as pessoas têm que suspeitar que és bissexual? Isso torna-te uma pessoa diferente? Achas que és uma pessoa diferente por ser bissexual?
Acho que o problema está e começa mesmo a partir daqui, são pessoas como tu que se tornam e se acham diferentes aos olhos dos outros, mesmo antes de todos os outros o acharem. E depois quando vos discriminam em razão da orientação sexual, já não lhe acham tanta piada e consideram que seja ignorância.
Na realidade é, mas, "cada vez que dão comigo frente a frente na caixa de supermercado, suspeitam elas do que realmente eu sou?"
Alguma aberração? Não!
Alguma anormalidade? Também não! Ser-se homo ou bissexual só é diferente para quem o vê assim, e tu és uma delas! Pelo que não me parece que seja razoável apontarem o dedo quando vocês são os primeiros a fazerem-no.

Miss B disse...

Lolita, é a primeira vez k te vejo por cá se não estou em erro. Antes demais deixa-me dizer-te que não estava só a referir-me ao facto de ser ou deixar de ser bissexual mas isso pouco importa. O que interessa salientar é que sou o que sou, faço o que faço porque quero e tenho o pleno orgulho disso. Já fui deitada abaixo por isso e sou vista de lado pelas pessoas que sabem ou desconfiam (sim, as pessoas podem desconfiar simplesmente pelo facto de no geral sermos todos uns linguarudos ou mesmo por certas acções diferentes para eles) mas como se pode ver na maioria das vezes não se conseguem mudar mentalidades.
E claro que ser tarada ou bissexual não é nenhuma anormalidade, aberração ou o que quiserem chamar. Se me acho ou achei diferente foi pelo facto de quando eu estava a aceitar isso normalmente, outras pessoas não deixavam que isso acontecesse. Eu não me julgo, e aceito tudo o resto mas tenho de estar realmente preparada para os da minha terrinha que não estão. De resto...isso não nos torna diferentes (os que são como eu), apenas nos torna abertos a outro tipo de aventuras.
Adorei a tua crítica!!!!

Provoca-me disse...

Sinceramente gostava de conhecer mais pessoas bissexuais, e que realmente tenham conseguido sair do armário. Já organizei uma palestra na escola e com tanto macho que se quer evidenciar com os seus tão pomposos preconceitos e as constantes parvoeiras de gozarem os outros não foi nada fácil e não é nada fácil viver num mundo de pessoas sem inteligência e de preconceituosos, e não não sou homossexual nem bissexual, mas apoio, estou do lado da cena lgbt e há coisas pelas quais eu assumo e que gosto e que também sou vítima de preconceitos... Mas claro que nem sempre é pelos outros, às vezes é até pelos próprios, mas a sociedade assim o permite, a sociedade não facilita, nem as mentalidades. A inveja das pessoas pela coragem dos outros é gigante. Muitas vezes o preconceito começa aqui, e não precisam de ser homossexuais ou bissexuais, precisam de saber que quem o é tem coragem para se assumir e eles não tiveram coragem para dizer ou fazer qualquer coisa, e logo ai não pode ser, tem de se por de parte.

Quem não me perde de vista

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Política de Privacidade

Conteúdo administrado e recebido por Miss B e Sexo e Cenas. 1. Nenhuma informação pessoal dos meus visitantes é comercializada e/ou trocada com terceiros. Os dados fornecidos por eles em qualquer forma de contado, não são repassadas para nenhum outro. 2. Também não são utilizados os dados, como e-mail, para distribuir mensagens não solicitadas e/ou em massa. Os e-mails dos usuários não são armazenados em listas e só entro em contato para responder dúvidas e/ou agradecer visita/contato/solicitação/ajuda/informação e apenas uma única vez. Parte de um e-mail de contato pode ser usado como referência para compor artigos e tutorias e cito a pessoa que enviou. Mas antes entro em contato avisando da possibilidade daquele e-mail ser usado como fonte e solicito previamente autorização para usar o nome e link de quem escreveu. 3. Apenas os comentários nos artigos ficam visíveis para todos os demais visitantes do blog Sexo e Cenas. Os comentários são previamente moderados por mim como administradora do blog Existe uma Política para Comentários e recomendo que leiam: Os comentários são Moderados. Todos os comentários recebidos são previamente lidos. Só são publicados os comentários que eu, administradora, considerar adequados para o artigo em questão. Apesar das regras descritas acima, nada garante que o comentário seja publicado, pois reserva-se o direito de não aplicar as regras aqui contidas sem aviso prévio e estas são apenas uma baliza de orientação para quem desejar expor sua opinião. Tenho em vista, claro, os comentários que podem ser relevantes e que valorizam o meu trabalho. Não tendo interesse em publicar nada que ofenda o blog, nem que seja uma crítica impertinente ou desnecessária. Nos comentários só são aprovados textos que valorizam o que faço e que podem ajudar outras pessoas. 4. Os links e banners de parceiros são selecionados segundo a Política de Conteúdo do Blogger. Disponho os elementos dos meus parceiros por solicitação deles e, daqueles que não solicitaram, envio pedido prévio com aviso indicando que serão linkados neste blog. Ao receber a aprovação destes coloco a informação num local visível do blog. Aos que não solicitaram parceria, mas têm seus links/banners publicados aqui, faço-o como forma de indicação do serviço prestado por eles e por assim permitirem ou indicarem essa possibilidade em seus sites/blogs. Obs.: Não me responsabilizo pelo conteúdo dos meus parceiros e espero que estes estejam em total acordo com as regras de utilização do Blogger e dos seus outros parceiros. Conteúdo de terceiros. Tenho parceria com empresas de publicidade virtual – como o Google AdSense – que se utilizam do sistema de publicidade contextual, mas podem usar de outros recursos para determinar que tipo de publicidade veicular neste blog. Não controlo aquilo que eles disponibilizam. Este blog, pode ou contém imagens, vídeos ou outros, com conteúdos de nudez parcial ou total, não aconselhavél a menores de 18 anos. O acesso ao blog, por parte de menores é estritamente proibido, o seu acesso é da responsabilidade dos intervenientes ou seus encarregados de educação. Parte do conteúdo é retirado da internet e outro recebido por mail sendo esta última via difícil de controlar de onde vem o conteúdo, Autor, Site, Blogue, ou outras fontes. Sou contra a pratica do plágio, se detectar algum conteúdo da sua autoria em parte ou na totalidade postado neste blogue e que comprove que é seu legitimamente o mesmo será removido na hora. Para isso basta contactar-me. Mais, todo o conteúdo deste blogue é meramente ilustrativo, sem qualquer carácter comercial. Sexo e Cenas, ainda condena todo o tipo de conteúdo sexual, onde sejam utilizados menores de 18 anos, bem como ao incitamento de terceiros para tais práticas. Mais, Sexo e Cenas exclui-se de qualquer responsabilidade de qualquer link que directa ou indirectamente, redirecione para páginas de pedofilia ou outras em que se promova ou se visualize o abuso sexual de menores. Qualquer semelhança aqui reproduzida em forma de textos ou outras com a realidade, são pura coincidência.