terça-feira, abril 10

CRÓNICAS DE UMA LIBERTINA IX

Pénis, mastro, pau, cacete, membro...mil e um nomes que se pode chamar a um pedaço de carne tão gostoso e potente. Potência é relativa e tamanho nem sempre importa. Bem, na verdade não me vejo a foder com um tipo que tenha um pau pequeno assim como acho extremamente absurdo um tipo foder-me com um pau extremamente grande. Sim gosto do meio termo. Mas sou muito mais exigente no desempenho.

Tinha um primo (na verdade não sabíamos do nosso grau de parentesco) que era exactamente assim. Não lhe consegui resistir assim que ele me surgiu na frente com aquele sorriso inocente de quem não parte um prato mas na cama parte a loiça toda. Era simplesmente lindo. E tão prestável. Engraçado que só nos encontrávamos ao fim de semana quando eu fazia uma visita á minha avó. Acabava por dormir lá e aproveitava e tentava seduzir o vizinho. Claro que quando o vi esqueci o raio do vizinho e dei-lhe toda a minha atenção. Uma pessoa daquelas merecia a minha atenção e a de toda a gente. 
Quem diria que éramos da mesma família. E ás vezes penso que se tivesse descoberto antes de me envolver com ele, se teria sido diferente. É assim um pecado tão grande dois primos envolverem-se? Não existem primos que se casam? 

Um dia a minha avó precisou de fazer compras e perguntou se queria ir. Ele estava lá ou seja, se eu fosse ele ia para casa. Claro que recusei-me a ir e no meio da conversa ele acabou por não se importar de me fazer companhia. O que eu queria claro. No fundo a conversa dele atraía-me, era inteligente e conseguíamos estar horas a fio a falar. Na minha opinião, se não tens uma boa conversa que te seduza a mente, não consegues que te seduzam o corpo...a tal teoria do coro também serve. 
Roubei-lhe um beijo nessa tarde. A aproximação entre nós era mais que óbvia e antes da minha avó ter regressado já eu lhe tinha saboreado aqueles lábios doces. E como beijava bem aquele tipo! 
Ficou aquela tensão por segundos e sem saber o que dizermos eu limitei-me a elogiá-lo:
- És amoroso!
Ele corou.  Coitado como era mesmo querido. Corar por um elogio tão simples e banal.
- Sou normal. - limitou-se a dizer.
- És um normal amoroso...
Entretanto chegou a avózinha e ficou por ali. Ele foi para casa corado. Nunca trocamos números mas não foi necessário porque no fim de semana seguinte ele voltou a ir lá...


11 comentários:

SinneR disse...

mais umas das tuas historis fantasticas... ;)

bj doce

Íntimas Intenções by Anita disse...

Também concordo, tamanho não é o essencial o que importa é o desempenho, este sim tem que ser potente, viçoso...ir com tudo e fundo, e juntando a uma conversa boa então...nossa puro prazer.

Sempre uma delicia passar por aqui, queria ter mais tempo...

Beijos suculentos!

P.S.: Estou te enviando um e-mail.

foxos disse...

Gostei da parte do "partir a loiça toda" lol

Ricardo Machado disse...

Quem me dera ser teu primo. Estou a brincar.

Também sou apologista de que o tamanho não é importante. Se um homem sabe o que fazer e quando o fazer, fá-lo bem. Eu, pelo menos, tento.

Gostei. Beijos.

Provoca-me disse...

Lá vem a questão, que independentemente de serem familiares, primas ou primos, quem é que não se importava de ir molhar o bico!

Anônimo disse...

Vc sabe fazer

Ricardo Machado disse...

Sempre ouvi dizer que "Quanto mais prima, mais se lhe arrima.".

Tenho uma prima muito bonita e arrimava-lhe com força. :)

Provoca-me disse...

Eu não me importava, tenho cá umas primas.

Miss B disse...

Sinner, k hei-de fazer? adoro escrever.

Anita, concordo. nem sempre o que é grande tem um grande desempenho. e detesto falta de jeito.

Foxos, nem imaginas o quanto ele partia mesmo. ainda bem que te divirto.

Ricardo, esse ditado aplicou-se muito bem no meu. infelizmente tenho o azar de ter primos demasiado bonitos.

Provoca-me, é apenas um título. e antes primo que irmão, se bem que quanto mais afastado esse primo for, menos nos pesa na consciencia.

MisterCharmoso disse...

Ah rico primo....folgo em ver-te animadita

Provoca-me disse...

Eu estava a dizer que independentemente de serem primos, ou primas, a vontade não falta muitas vezes.

Quem não me perde de vista

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Política de Privacidade

Conteúdo administrado e recebido por Miss B e Sexo e Cenas. 1. Nenhuma informação pessoal dos meus visitantes é comercializada e/ou trocada com terceiros. Os dados fornecidos por eles em qualquer forma de contado, não são repassadas para nenhum outro. 2. Também não são utilizados os dados, como e-mail, para distribuir mensagens não solicitadas e/ou em massa. Os e-mails dos usuários não são armazenados em listas e só entro em contato para responder dúvidas e/ou agradecer visita/contato/solicitação/ajuda/informação e apenas uma única vez. Parte de um e-mail de contato pode ser usado como referência para compor artigos e tutorias e cito a pessoa que enviou. Mas antes entro em contato avisando da possibilidade daquele e-mail ser usado como fonte e solicito previamente autorização para usar o nome e link de quem escreveu. 3. Apenas os comentários nos artigos ficam visíveis para todos os demais visitantes do blog Sexo e Cenas. Os comentários são previamente moderados por mim como administradora do blog Existe uma Política para Comentários e recomendo que leiam: Os comentários são Moderados. Todos os comentários recebidos são previamente lidos. Só são publicados os comentários que eu, administradora, considerar adequados para o artigo em questão. Apesar das regras descritas acima, nada garante que o comentário seja publicado, pois reserva-se o direito de não aplicar as regras aqui contidas sem aviso prévio e estas são apenas uma baliza de orientação para quem desejar expor sua opinião. Tenho em vista, claro, os comentários que podem ser relevantes e que valorizam o meu trabalho. Não tendo interesse em publicar nada que ofenda o blog, nem que seja uma crítica impertinente ou desnecessária. Nos comentários só são aprovados textos que valorizam o que faço e que podem ajudar outras pessoas. 4. Os links e banners de parceiros são selecionados segundo a Política de Conteúdo do Blogger. Disponho os elementos dos meus parceiros por solicitação deles e, daqueles que não solicitaram, envio pedido prévio com aviso indicando que serão linkados neste blog. Ao receber a aprovação destes coloco a informação num local visível do blog. Aos que não solicitaram parceria, mas têm seus links/banners publicados aqui, faço-o como forma de indicação do serviço prestado por eles e por assim permitirem ou indicarem essa possibilidade em seus sites/blogs. Obs.: Não me responsabilizo pelo conteúdo dos meus parceiros e espero que estes estejam em total acordo com as regras de utilização do Blogger e dos seus outros parceiros. Conteúdo de terceiros. Tenho parceria com empresas de publicidade virtual – como o Google AdSense – que se utilizam do sistema de publicidade contextual, mas podem usar de outros recursos para determinar que tipo de publicidade veicular neste blog. Não controlo aquilo que eles disponibilizam. Este blog, pode ou contém imagens, vídeos ou outros, com conteúdos de nudez parcial ou total, não aconselhavél a menores de 18 anos. O acesso ao blog, por parte de menores é estritamente proibido, o seu acesso é da responsabilidade dos intervenientes ou seus encarregados de educação. Parte do conteúdo é retirado da internet e outro recebido por mail sendo esta última via difícil de controlar de onde vem o conteúdo, Autor, Site, Blogue, ou outras fontes. Sou contra a pratica do plágio, se detectar algum conteúdo da sua autoria em parte ou na totalidade postado neste blogue e que comprove que é seu legitimamente o mesmo será removido na hora. Para isso basta contactar-me. Mais, todo o conteúdo deste blogue é meramente ilustrativo, sem qualquer carácter comercial. Sexo e Cenas, ainda condena todo o tipo de conteúdo sexual, onde sejam utilizados menores de 18 anos, bem como ao incitamento de terceiros para tais práticas. Mais, Sexo e Cenas exclui-se de qualquer responsabilidade de qualquer link que directa ou indirectamente, redirecione para páginas de pedofilia ou outras em que se promova ou se visualize o abuso sexual de menores. Qualquer semelhança aqui reproduzida em forma de textos ou outras com a realidade, são pura coincidência.